Método Caycedo

O Método de Caycedo®, também denominado Relaxamento Dinâmico de Caycedo® (RDC), é uma metodologia coerente e estruturada, composta por doze graus e as suas técnicas específicas.

Os doze graus são divididos em três ciclos; o primeiro ciclo é chamado de “fundamental” e inclui os quatro primeiros graus do método. O segundo ciclo, ou ciclo “radical”, inclui outros quatro graus, do quinto ao oitavo. O terceiro ciclo, ou “existencial”, encontram-se os últimos quatro graus, desde o nono ao décimo segundo grau.

Cada etapa do Método Caycedo® tem objetivos próprios e consiste em uma série de exercícios baseados na concentração, imaginação, memória e contemplação. Primeiro descobrimos o que somos, depois conquistamos quem somos e transformamos o nosso ser, alinhando-o com a nossa própria natureza.

O ciclo fundamental

RDC 1: é inspirado no yoga e também é conhecido como o grau de concentração. A prática torna-nos conscientes do nosso esquema corporal: a nossa forma, o nosso movimento, o nosso tónus muscular. Também aprendemos a respirar corretamente. Pouco a pouco, vamos conseguindo eliminar tensões físicas e “somatizar” sentimentos positivos.

RDC 2: é inspirado no budismo e é chamado de grau contemplativo. Com a prática tomamos consciência da nossa mente. Sem esquecer a presença de nossa corporalidade, começamos a tomar consciência dos nossos pensamentos. Desenvolvemos uma contemplação senso-percetiva externa e interna. Este nível também inclui técnicas de “futurização” e preparação para eventos desafiantes.

RDC 3: o terceiro grau é inspirado no Zen japonês. Também é chamado de grau meditativo. Com a prática, podemos viver a integração mente-corpo e descobrimos a afetividade. Inclui técnicas de “preterização” que nos ajudam a perceber nossas emoções positivas, com foco nas memórias positivas de experiências por nós vividas.

RDC 4: o quarto grau dá especial ênfase à presença de valores; O seu exercício faz-nos viver e reforçar os valores fundamentais da existência do ser humano. O ciclo radical

O ciclo radical

RDC 5 a 8: permite-nos perceber a energia e a força vital presente em toda corporalidade como a sede da consciência. Nesta fase, tomamos conhecimento da filogenia (história evolutiva da espécie) e da ontogenia (desenvolvimento de um indivíduo desde a fecundação até à idade adulta) como fenómenos característicos da história da evolução da consciência humana.

O ciclo existencial

RDC 9 a 12: fortalece-se a presença e a vivência de valores existenciais como a liberdade, a tridimensionalidade (consciência do passado, presente e futuro), a responsabilidade e a dignidade do ser humano. Este ciclo transporta-nos da essência à existência.

Mais informação...

História

Em 1960, a sofrologia foi criada, pelo Professor Alfonso Caycedo, médico neuropsiquiatra, em Espanha…

Saber mais »